CVaq A influencia do treinador sobre o temperamento do cavalo

Você sabia que o seu estresse psicológico e fisiológico pode acelerar os batimentos cardíacos e afetar o desempenho e comportamento do cavalo? Isso mesmo, o treinador influencia sobre o temperamento do cavalo.

Isso foi comprovado em um estudo feito por médicos e pesquisadores do Canadá e da Alemanha, que mostrou que os cavalos se movimentam mais rápido e têm melhor desempenho perto de pessoas calmas do que de pessoas estressadas ou que tenham medo.

Cavalos e a conexão com o ser humano: o treinador e o temperamento do cavalo

Os cavalos são os animais preferidos em programas de terapia assistida pelo feedback comportamental direto e resultado nos participantes.

Um exemplo é a equoterapia, que auxilia pessoas com problemas, tanto motores quanto psicológicos, e melhora o bem-estar, a memória e o humor, proporcionando autoestima e confiança para o praticante.

Durante essas sessões de terapia, os cavalos são expostos a pessoas com traumas físicos, psicológicos e pessoas que não estão familiarizadas com cavalos, o que pode fazer com que os participantes também fiquem nervosos durante o tratamento.

Mas os resultados positivos desse tipo de terapia são porque a comunicação não verbal entre a pessoa e o cavalo reforça o vínculo afetivo que se cria sem troca de palavras e como resultado, uma coordenação perfeita.

O estudo mostrou que essa conexão é mais forte do que a gente imagina e que o nervosismo pode ser transmitido de você para seu animal. E não adianta fingir.

Durante o estudo, uma bateria de testes foi feita e mesmo os cavaleiros fingindo nervosismo, os cavalos não apresentaram mudança nos batimentos cardíacos, somente na postura, indicando que os cavalos são muito sensíveis ao estado psicológico do cavaleiro.

Sendo assim, estar em um estado mental calmo pode diminuir o estresse do cavalo e estar emocionalmente estressado, pode aumentar a frequência cardíaca dos animais e fazer com que eles sejam mais agressivos com seres humanos e apresentem mudanças de comportamento e dificuldade de aprendizagem.

Por isso, é importante aplicar os princípios da teoria da aprendizagem, que nós já falamos por aqui, para conseguir entender as reações e como o cavalo aprende e se comunica para evitar acidentes e melhorar o treinamento.

Você encontra o texto sobre teoria da aprendizagem aqui: www.cvaq.net/comunicacao-errada-com-seu-cavalo/

 

Saiba que o estado mental do cavalo influencia na capacidade de aprender e é preciso ensinar de uma forma totalmente sem estresse e que consiga tirar 100% do potencial do cavalo, como na metodologia da CVAQ.

 

No nosso canal do YouTube e nas nossas redes sociais, você encontra mais dicas como essas, que vão ajudar a fazer uma doma perfeita e torná-lo campeão na pista de vaquejada.

 

Visite nossas redes: Canal no Youtube e Perfil do Instagram.

Acompanhe também o nosso blog para ficar de olho nas próximas dicas!

 

13 Comentários. Deixe novo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Menu